28 de dez de 2011

Último dia: 200 títulos da editora Cosac Naify com 25% de desconto

Confira abaixo alguns livros que fazem parte da promoção da editora Cosac Naify, que permanece só até hoje (28/12):

O design brasileiro antes do design

Textos: Aline Haluch, Edna Lúcia Cunha Lima, Egeu Laus, Joaquim Marçal Ferreira de Andrade, Julieta Sobral, Leonardo Menna Barreta Gomes, Lívia Lazzaro Rezende, Márcia Christina Ferreira, Priscila Farias, Rafael Cardoso
Organização: Rafael Cardoso
Apoio: RR Donnelley
Idioma: Português
Coleção: Design brasileiro
De: R$ 83,00
Por: R$ 62,25

360 páginas e 225 ilustrações

Com uma coletânea de nove ensaios sobre temas situados no período de 1870 a 1960, este livro propõe o recuo ao marco zero na historiografia do design brasileiro, tornando-se de imediato uma obra única e fundamental na área.
O título inicia uma série desta editora inteiramente dedicada à história do design no Brasil. No primeiro volume, são discutidos projetos do ilustrador J. Carlos para a revista Paratodos; as memoráveis capas de livros de Tomás Santa Rosa; as primeiras embalagens de discos; e os baralhos da marca Copag, entre outros assuntos que expôem trajetórias fundamentais e pouco conhecidas do design no país.
2ª reimpressão, 2011



Arte brasileira na Pinacoteca do Estado de São Paulo

Organização: Taísa Palhares
Coedição: Pinacoteca do Estado de São Paulo, Imprensa Oficial do Estado de São Paulo
Idioma: Português
240 páginas, 108 ilustrações
De: R$ 72,00
Por: R$ 54,00


Arte brasileira na Pinacoteca do Estado de São Paulo já nasce como um livro-referência. Uma história viva da nossa arte, o volume reúne 16 ensaios dos mais importantes historiadores e críticos brasileiros, com leituras inéditas de algumas das obras mais significativas do acervo da Pinacoteca do Estado de São Paulo, do século XIX até os anos 1940. O grande público poderá conhecer de perto os trabalhos de artistas como Almeida Júnior, Pedro Alexandrino, Eliseu Visconti, Anita Malfatti, Tarsila do Amaral, Candido Portinari, Lasar Segall, Flávio de Carvalho, Rodolfo Bernardelli, Pedro Américo, Victor Brecheret e Di Cavalcanti.
O volume traz ainda um textos sobre a Academia e a pintura no século XIX e sobre o próprio edifício da Pinacoteca, projetado por Ramos de Azevedo e restaurado por Paulo Mendes da Rocha entre 1994 e 1998. A edição inclui biografias atualizadas de cada artista e suas principais referências bibliográficas, além de um breve histórico sobre o percurso das obras dentro da instituição. Com organização de Taísa Palhares, a publicação é uma parceria da Cosac Naify, Pinacoteca do Estado e Imprensa Oficial.


História da ressurreição do papagaio

Autor: Eduardo Galeano
Ilustração: Antonio Santos
Tradução: Ferreira Gullar
Quarta capa: Eucanaã Ferraz
Idioma: Português
24 páginas, 14 ilustrações
De: R$ 44,00
Por: R$ 33,00


Eduardo Galeano, um dos escritores uruguaios mais importantes no cenário literário contemporâneo, presenteia as crianças com esta narrativa de renovação. O poeta Ferreira Gullar assina a tradução, leve e cuidadosa, que, junto com as esculturas coloridas em madeira do espanhol Antonio Santos, compõem o cenário para a história de um papagaio distraído que morre ao cair em uma panela quente, entristecendo todos ao seu redor. É a comoção geral o principal ingrediente para o oleiro do Ceará ressuscitar a ave, com cores novas e cheias de significado. Galeano nos conduz por esta fábula emocionante, inspirada num poema em cordel que ouviu num mercado no Nordeste brasileiro, em uma visita ao país. História da ressurreição do papagaio é uma lenda sobre o talento humano para transformar e recriar, por meio das emoções.



Clique aqui para acessar a loja virtual e ver outros títulos.

Fonte: Divulgação

Nenhum comentário: