21 de mar de 2012

Pacto cria simbologia para descarte seletivo e incentiva reciclagem

Simbologia técnica para descarte seletivo

A Associação Brasileira de Embalagem (ABRE) e o Ministério do Meio Ambiente assinaram o Pacto Setorial que visa promover o emprego da simbologia técnica (veja aqui o significado dos ícones) de descarte seletivo em embalagens e de identificação de materiais.

O acordo firmado por Maurício Groke, Presidente da ABRE, e Izabella Teixeira, Ministra do Meio Ambiente, aconteceu em Brasília na sede do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama), quando foi lançado oficialmente o "Plano de Produção e Consumo Sustentáveis do MMA".

O Pacto é baseado na Cartilha de Diretrizes de Rotulagem Ambiental, desenvolvida pelo Comitê de Meio Ambiente e Sustentabilidade da ABRE. A norma traz definições sobre as diferentes modalidades de rotulagem ambiental, a definição da simbologia técnica e as formas de emprego de cada uma no rótulo das embalagens.

O objetivo deste documento de natureza funcional é identificar os materiais e informar o consumidor sobre a simbologia técnica. É através desta ferramenta que ele pode ser orientado e incentivado ao descarte seletivo da embalagem para que esta tenha uma destinação adequada.

A partir desse passo, a identificação de materiais irá orientar as cooperativas no processo de separação das embalagens para que sejam encaminhas para a indústria recicladora ou para uma disposição adequada em aterro.

O acordo também visa aumentar o número de empresas que usam o símbolo de descarte seletivo nas embalagens de seus produtos em substituição ao símbolo do ‘anti littering’, que tinha apenas como objetivo ensinar as pessoas a jogarem o lixo no lixo. E ao mesmo tempo o pacto visa educar o consumidor sobre o seu papel.

“O primeiro elo da cadeia de reciclagem está nas mãos dos consumidores”, explica Luciana Pellegrino diretora da ABRE. A expectativa da associação, junto a parceiros, é implementar o Pacto Setorial com a meta de que a cada ano pelo menos 1.000 produtos empreguem a simbologia.


Divulgação

Nenhum comentário: