24 de nov de 2011

Livros trazem personalidades da música mundial em quadrinhos

O lançamento, que chega às livrarias em dezembro, inclui os títulos sobre os astros internacionais Michael Jackson – Um Thriller em Preto e Branco e John Lennon – Um Tiro na Porta de Casa.

A vida turbulenta do astro da música Michael Jackson e a história de uma das maiores estrelas do rock, John Lennon em quadrinhos são a novidade da V&R Editoras, que chega em dezembro às livrarias do país, com o lançamento dos livros: Michael Jackson - Um Thriller em Preto e Branco e John Lennon – Um Tiro na Porta de Casa, dos autores Diego Agrimbau e Pablo Maiztegui, respectivamente. Nas obras, os autores traçam um relato sobre a carreira e a trajetória de dois dos mais importantes ícones da música mundial e o desfecho trágico de suas vidas.

Em Michael Jackson - Um Thriller em Preto, Diego Agrimbau e o ilustrador Horacio Lalia contam com detalhes, e cuidadoso rigor documental, a fantástica história desse multitalentoso artista: a relação com o pai tirano, o sucesso prematuro junto aos Jackson 5, a carreira solo e os grandes sucessos, os escândalos e as acusações de pedofilia e a morte misteriosa provocada por altas doses de anestésicos.

Conhecido por sua longa experiência como escritor de quadrinhos, Agrimbau, um também apaixonado pela biografias de rock, conta que o projeto para um livro sobre o Michael caiu em suas mãos de surpresa. “Eu disse sim ao projeto para histórias de astros dos rock em quadrinhos, implorando pelo Kurt Cobain, quando de repente me surge o Michael Jackson. Eu só tinha o disco Thriller – um presente que ganhei quando tinha oito anos de idade”, revela o autor. Para dar vida a comic novel sobre o astro e com apenas dois meses para concluir o script, o autor recorreu a informações de documentários como o Living with Michael Jackson.

Os detalhes também dão o tom em John Lennon – Um Tiro na Porta de Casa, no qual Pablo Maiztegui resgata as diversas facetas da carreira de John. “Foi muito complexo construir uma biografia coerente, porque há muitos Lennons sobre os quais falar”. Pablo ainda explica que o processo para elaboração dos desenhos ocorreu de forma linear com suas ilustrações espalhadas pelo chão. “É um sistema onde cada página se fecha e conclui uma história sozinha. Usei este método para encontrar uma narrativa diferenciada”, finaliza.

A abordagem de Maiztegui resulta em uma biografia que revela aos fãs e admiradores de Lennon, com absoluta fidelidade aos fatos, os segredos de uma personalidade singular e intensa, feita de puro talento, que tombou fatalmente ferida em um dia de 1980.

Fonte: Divulgação

Nenhum comentário: